terça-feira, 21 de março de 2017

FEMINISTAS DE ESQUERDA NEM SEMPRE

Olha, me considero de esquerda, mas não curto nenhum partido.
Gosto dos ideais da esquerda, das filosofias e etc.
Isso não me caracteriza petista. Muito menos dizer que o povo de direita é bolsominion.

O problema de hoje em dia é que as pessoas colocam palavras na sua boca. Acham que se você não concorda com algo, automaticamente você já concorda com o oposto e isso NAAAAAO é verdade. 

Um exemplo: eu sou contra o armamento civil, isso não significa que eu seja a favor dos bandidos matarem.
Sou contra a tortura, mas não significa que eu passe a mão na cabeça de bandido.
Acho que nossa educação tem muito a ver com a criminalidade e que muitos bandidos são vítimas da sociedade, mas não acredito que temos que passar a mão na cabeça deles e não puni-los!


É comum essa associação errônea do que venha a ser esquerda ou direita. Até mesmo pq, historicamente falando, nosso país ficou, por maior período, sobe o domínio de apenas dois partidos (isso contado após a ditadura civil militar) PSDB do titio Cardosinho e do PT do titio Lulalá. 
Se formos fazer uma análise, mais profunda de ambos os governos, nunca tivemos um partido nem de direita e nem de esquerda, arriscaria eu a dizer que ambos foram populistas. Apesar de que cada um puxou sardinha para o seu lado.

Sobre o feminismo, mais uma vez historicamente falando, o mesmo surgiu através de luta das mulheres para terem melhores salários, cargas horárias de trabalho reduzidas, direito ao voto dentre outras coisas mais... Até então não era chamado de "feminismo", termo esse dado posteriormente, suas movimentações, que ganharam maiores repercussões, vieram no período da Revolução Industrial, período este onde tbm ganham forças as lutas de classe.
As lutas de classes tiveram início junto com as ideologias do comunismo, talvez seja por esse motivo que as pessoas o associem um movimento ao outro (Pois insistem em dizer que a "esquerda" é comunista OMG). 
A história dá história das mulheres só começa a ser, de fato, escrita a partir da década de 60 do século passado. 

Conclusão: ser feminista não quer dizer que vc seja de esquerda, mas tbm não podemos deixar de levar em consideração que a ideologia de esquerda luta pela igualdade de classes, e o feminismo luta pela igualdade de gêneros. Logo, mais facilmente vc encontrará feministas em movimentos considerados de esquerda do que em movimentos ditos de direita, até mesmo pq a direita é elitista e conservadora (veja a fala do temeroso Temer em pleno dia das mulheres).

Ser de direita ou de esquerda vai além de PT ou PSDB, os partidos brasileiros têm uma ideologia porém a mesma não é cumprida a risca. (Afinal qual cumpre, não atoa vc vê o rompimento de alguns partidos onde novos foram criados). 

Meu posicionamento político??? Sou anarquista. 
Minha filosofia??? sou feminista."


alguém que copiou d alguém no face e eu copiei pois gostei.
Sou FEMINISTA há 2 anos e não me considero de esquerda. 
Não concordo com muitos pontos e não me encaixo no feminismo radical.
É complicado. Até pra mim.
Se o texto for seu me diga que dou créditos - encontrei como anônimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.