sábado, 30 de janeiro de 2016

Meu novo Eu


Novo Eu

Joguei ao vento tudo de mal que um dia fui
Todas a bobagens que fiz
E todas as grosserias que cometi
Joguei ao vento todos os erros
Todas pessoas que julguei e a antiga eu que conhecera

Hoje, já não reconheço mais aquela velha tonta que fui
Todas sandices que sonhei
e todos amigos que perdi ao deixar ir

Hoje percebo que amadurecer não é uma escolha
amadurecer vem com o tempo e os erros
Alguns mais, outros menos

Só sei que hoje você não me conhece mais
aquela velha eu mudou
e mudou por completo

Sou o resultado de todas experiências amargas
Todo ódio intolerante que vivi
Todas as frustrações pelas quais passei

Hoje vejo a vida com mais calma
as pessoas com menos aparência
Julgo outros quesitos que antes nem pensei em saber

Hoje, sou uma nova mulher
dona de mim e renovada
Com alma lavada e com Deus perto de mim

Ainda que não me esqueça do passado
E que não tema as opiniões e resquícios do mal que deixei
Ainda assim me perdoei

Guardo em mim as lembranças boas
As pessoas que do passado ficaram pra sempre
Indas e vindas do destino que não escolhi
Coisas que deveria aprender e aprendi
E receio aprender ainda muito mais
Só que agora de braços abertos
Com a superação, a decepção
e minha evolução

Ainda me considero parte do que vivi
Sob um novo olhar
e Uma nova sub direção em meu sub consciente
Uma Cliceli mais aberta, digamos assim.

SE VOCE ME CONHECE BASEADO NO QUE EU ERA UM ANO ATRAS, VOCE NAO ME CONHECE MAIS. MINHA EVOLUCÃO É CONSTANTE, PERMITA-ME APRESENTAR NOVAMENTE. Autor desconhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.