segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Nov2015 - Justin Bieber sendo humilhado no roast e pedindo desculpas

Sabe como as biliebers deveriam se chamar? Retardadas.
Assim foi ontem na noite de show dos roast no comedy central.

Depois de vê-lo ontem perdi a raiva por ele. Se você ouvir ele verá que tanto as letras quando a voz do garoto de 21 anos são maravilhosos mas o que eu não gostava mesmo eram das atitudes dele e até mesmo com as fãs, maioria meninas.
Com 12 anos de idade ele começou, ninguém o preparou para grandes superproduções e nem o quanto de dinheiro ele ganharia em tão pouco tempo. É óbvio que na adolescência, típico dos jovens fazerem folia errarem extrapolarem geral mesmo procurando encontrar sua identidade e passando pela transição adulta... Era de se esperar que ele, em sua dimensão fizesse coisas erradas, cometesse erros e usasse drogas visto todo o dinheiro liberdade, oportunidade e facilidade que ele tinha.
Hoje, aparentemente mais  consciente do que fez e como tudo que ocasionou  feriu a imagem dele parece ter maior responsabilidade sobre seus atos.
Bom, além de garoto, lindo, cantar bem e ser milionário por traz disso ele é um ser humano! Vamos dar um voto de confiança a ele pessoal.
Eu sempre torci por ele, de longe e ouço músicas dele, poucas mas são todas muito bem feitas inclusive as que ele quer dar uma de gangster malvado, não consegue, ele é muito amorzinho pra isso, haha, na minha opinião!
Justin, força garoto. Prove que é bom e por favor trate bem seus fãs porque são eles que te mantiveram até hoje! Erre com outras coisas mas não com fãs, não sei se pensa em fazer uma faculdade mas reflita sobre o assunto. Apenas como fator de crescimento pessoal, vai por mim, a gente muda muito quando estuda.


Não vim defender Justin, não sou uma bieliber nem fã número1, apenas defender alguém que foi muito julgado. É ruim quando não temos dinheiro, é bom quando temos o suficiente e é ruim quando temos muito, é difícil de lidar mais ainda quando se é conhecido mundialmente. Julga quem não conhece e quem não viveu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.