terça-feira, 10 de junho de 2014

Copa do Mundo - Brasil Brazil 2014

Enzo.
Seu nascimento foi uma alegria pra mim e pra muitas pessoas... Mas pra mim foi muito especial.
Meu primeiro filho. Fiquei um pouco sentimental na gravidez mas nem se compara quando eu ví seu rostinho pequeno e uma criaturinha tão frágil, me perguntei: quem é capaz de fazer mal a um bebê gente? Impossível... E ainda há quem faça por incrível e perturbador que me pareça!
Logo pensamos em levá-lo mas houve alguns contratempos, tivemos que passar por algum sofrimento que não sei porque Deus mandou, mas cresci muito com tudo que passou... Meu doce bebê ficou na UTI neonatal por alguns dias... Foi horrível mas me mantive forte por ele, para ter leite para ele, pra poder vê-lo e passar confiança para que saísse de lá! Eu que pensava em não dar mole e nenhuma manha pra ele, esquece! Depois que teu filho nasce, eu disse o teu, não dos outros, você faz qualquer negócio para vê-lo feliz! Se precisar embalar você vai, se precisar dar chupeta você vai, se precisar se adaptar a ele você vai! É diferente falar dos outros e ter o teu!!! Muito diferente! No dia das mães ele foi para o hospital e ganhei o meu melhor presente! Depois de mais dois dias ele finalmente foi liberado pra casa! Tivemos o maior cuidado !! Muito álcool gel 70 muito lavar as mãos, muita barde.... Tudo pra ele ficar mais fortinho e bem!
Era terrível não só ele mas todos aqueles bebezinhos tão pedintes de carinho e amor das mães e não poder ter a toda hora ... Era triste por demais!!! Mas depois de um tempo você se acostuma com aquelas imagens, afinal é pro bem deles. Fiquei me pensando: Mas o que os obstetras estão fazendo que tem tanto neném na UTI gente?? Só m! Eu me cuidei a gravidez inteira não tive nenhum contratempo! Não fumei nem bebia nem sequer refrigerante direito pra não interferir nele! Trabalhei de forma comedida e mesmo assim obteve infecção hospitalar! Incrível gente! No dia que teve minha cesária estava marcada e tiveram 12 nascimentos! Marcados eram 4, bom isso acontece, mas minha indignação foi... Poucos médicos, alguns com os mesmos pacientes e daí faz o que nessa hora? escolhe quem atender primeiro, as outras que fiquem morrendo de dor etc!!! Incrível, tudo pago, particular... Imagina no sus!!!

Alguns estão se perguntando o porque do nome Copa, pois é, porque não me importo! Eu quero saúde, e nunca pensei tanto nisso desde que meu filho nasceu. Então desculpem, nada contra jogadores ou Brasil, amo meu país e é por isso que acho que o foco deveria ser outro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.