sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Ironias de uma Grávida

GRÁVIDA
Quem disse que ficar grávida seria tão maravilhoso assim?
Claro, a parte de carregar uma vida dentro de você é algo mágico mesmo!
Mas, o que ninguém te conta é:
Como seus hormônios mudam de uma hora pra outra é surpreendentemente insuportável!
E pior, não são todos que entendem isso não ! Por qualquer coisa você chora, até comercial de banco, é impressionante! Tem dias que você não sabe porque está se sentindo tão triste, e sem motivo nenhum mesmo!
Os pensamentos, ah os pensamentos! Um vulcão em errupção. Você se preocupa com a responsabilidade de ser mãe, como será daqui pra frente, como será seu relacionamento daqui pra frente, como será sua vida, já que todo mundo ao redor diz que vai mudar completamente né!
E muitas pessoas assustam dizendo que não terá mais tempo para sai mesma ou seu parceiro, dá vontade de mandar calarem a boca e passar antes por isso para tirar minhas próprias conclusões.
Olha. Não digo sobre o bebê, porque um filho é uma benção, mas sobre as mudanças que a gravidez traz no seu corpo principalmente emocionais.
E quanto a mudança de corpo mesmo, seus pés incham, sente-se mais cansada, muito sonolenta, fica gorda, Isso tudo é estranhamente assustador.
Ainda não caiu a ficha que serei mãe.
Tem gente que não se preocupa, dizem ah! Um filho, se dá jeito! Só que não é bem assim, se você resolve ter tem que mudar às vezes até mesmo seu comportamento! Porque exemplo dos pais é tudo! Mais do que palavras ou ensinamentos! E educação, não deve ser tão fácil assim, e olha que estudei anos sobre isso, mas derrepente parece que meu ensino superior em educação deixou de ter validade perante uma situação pessoal. Teorias... diferente da prática. Isso todo mundo sabe.
Bom, eu me preocupo. Por um filho neste mundo, ainda mais no Brasil. E quanto todas as mudanças na vida que isso terá ... É no mínimo estranho sim, pensar em tudo isso.
E sabe o que mais me atrapalha no caso, são as mudanças de humor que nunca tive na vida! É muito desequilibrado o estado emocional e isso que mais atrapalha. Haja família compreensiva e marido compreensivo para nos suportar! Bom, graças a Deus no meu caso posso contar com eles.
Mas quanto a parte de imaginar meu bebê aqui comigo, ah, isso é maravilhoso!

Volto a escrever sobre isso depois que tê-lo em meus braços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.