terça-feira, 20 de agosto de 2013

Maldita insônia

Maldita insônia !!!
Você me atordoa 
e quando mais preciso me ver livre de você
Mais assisto TV
Nada de bom passa ...
E ainda continuo  uma bagaça...
Meus olhos parecem de zumbi
Meu cérebro parece se fundir
Minha mente pensamentos que voam
Psicose que se  com o tempo piora
Lua e noite que apavora
Vento que na noite soa
Inutilidade que em meu corpo povoa
Entrelaçam emoções estranhas
Conotações de uma vida passageira
até parece uma típica baladeira...
Fontes de um sopro em segundos 
Lá dentro, no fundo
Só queria dormir
Descansar meu ser para continuar a poder
viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.