sexta-feira, 26 de abril de 2013

Reflexões


Não sei se sinto mais falta das minha loucuras joviais
Ou das minhas loucuras encarnadas desde pequena mesmo?
Sinto falta um pouco de tudo. Menos do agora.
Não sei se sinto decepção, conformismo ou simples e puro momento nostálgico
Só sei que lembro das vezes em que pensei em vários h,
Ter um no bolso um por conveniência e um só de reserva caso batesse aquela carência infinita
Que as vezes ainda bete, mas não. Não existe mais reserva.
Mas era bom a época que havia. Fazia-me bem, além das conversas incrivelmente filosóficas...
Os beijos ardentes, os abraços românticos.. a educação.. palavras bonitas..
Sabe
Isso faz muito bem a uma mulher!
Porque os homens depois do tempo conquistado param de conquistar suas mulheres?
Sinto-me incrivelmente desejada.. ainda.
Por incrível que pareça.
Mas não sinto o mesmo vindo de quem deveria vir!
Não sinto-me linda ou puramente companheira mesmo.
Ou melhor. Eu sou.
Mas não recebo o mesmo devolta.
Dizem que o amor se faz pelo prazer do amor.
O cacete!
A recompensa.. o reconhecimento
Ou pelo menos a gratidão o caralho, o mínimo que se espera é o mesmo.!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.