quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

crítica: “Comporte-se como uma Dama, pense como um homem”


Acabo de ler “Comporte-se como uma Dama, pense como um homem”
Confesso que já havia visto o livro nas livrarias e não me ligo lá tanto em best sellers de auto-ajuda, pra mim sempre foi muita besteira e muita obviedade e nada de novidade.
Interessei-me pelo livro quando vi o filme dele, fui correndo compra-lo achando que me daria grandes dicas!
Sim, só se eu for uma mulher maravilha, de capa e tudo né! Que tem que fazer tudo pelo homem! Nunca negar fogo afinal isso pode levar a traição!
Uma outra razão dos homens traírem é a enorme quantidade de mulheres querendo dar a eles. Oi??? Página 97 podem conferir!
No início muito legal e te encaminha para nunca mais parar de ler o livro, você se acha se enquadra e imagina situações que qualquer um com pelo menos 25 eu, deva já ter experimentado.
Coloca que o homem pensa apenas 3 coisas e são seres extremamente simples.: o que faço, quanto ganho e quem sou. – e enquanto ele não atingir tudo o que quer não pensará em casar! E mesmo casado é por isso que às vezes não te dá atenção, porque não atingiu todos objetivos!? Página.21.
É bem simples os homens mesmo! Tá...
Vamos adiante..
Próximo capítulo existe amor feminino que é tenro doce leal... e amor masculino daqueles que o homem jamais cuidará de você no sentido de te dar chá, ficar ao lado seu na cama quando doente, mentira! Porque o meu já ficou! página 24. A partir começa os stress com o que ele escreve generalizando os homens. Basicamente o amor masculino se baseia em declarar – dizendo para os outros o título que você possui, seja namorada, noiva ou mulher. Em prover – que é o sustento da casa – ficarão incomodados se você ganha mais que ele e se pagar um drink no bar para o homem certamente ele pensará só que você quer transar com ele e ele o fará e te largará... é isso mesmo que ele diz!!! E por último: proteger – que é proteger a família e a mulher dos outros..!
Próximo capítulo: coisas que todo homem precisa ter: apoio lealdade e cerejinha (sexo)
Nessa parte ele enfatiza bem o sexo !! Como se dissesse que se não fizer quando ele quer e por não deixa-lo muito tempo sem ele estará aberto a traições e a culpa será sua! Oi???
 No livro ele se enrola e se contradiz um pouco dizendo que as mulheres na conquista tem que ser mais difíceis, até aí tudo bem, tem que dar suas regras, exigências  e diz que se ele realmente o amar ele tem que cumprir as exigências! Tem que se por em primeiro lugar – e depois diz que nunca estará em primeiro lugar antes da sua mãe! Oi??? Não entendi.!
Capítulo 4 eu gostei porque ele fala alguns testes que garanto não devem ser tão novidades assim para saber se os homens gostam ou não de você.
Ah! Fala também que homens detestam conversas longas, e que existem amigas é pra isso mesmo!
Passa a contar nas seguintes páginas uma porção de machismos!!! Pondo o homem em destaque como se a mulher tivesse que fazer tudo para manter o relacionamento tudo sozinha! E se contradiz dizendo que a mulher tem que tirar da cabeça a culpa se o cara a trair!!! Oi??? Sem explicações!
Segue falando que as mulheres e homens traem por motivos diferentes, e basicamente relata que é por falta de grana ou de sexo, no caso dos homens. E como as mulheres tem grau de maior exigência para levar um para a cama eles se sentem mais seguros ! veja isso!!! Nem sempre é assim! Como se só os homens gostassem de fazer sexo, pode até ser um pouco mais ! mas não quer dizer que a mulher também não sinta falta.!!!
No final uma coisa que odiei é que ele fala que se o homem te gosta gordinha talvez tenha que revisar o caso de fazer aquela lipo – porque o cara pode não gostar mais de você!?? Página 176. Meu Deus!!! Isso foi o fim com certeza!
Resumindo, adorei algumas partes dicas e teste, odiei o machismo a falta de coerência entre as partes que se contradiziam e acho que não existe fórmulas para relacionamentos! Cada um é um ser diferente, cada casal também! As regras tem que ser dos dois e não só da mulher! O amor tem que ser mantido pelos dois e não só da mulher! Cada relacionamento é único e ambos tem que estar de acordos, e diálogo é fundamental sim! 
Termino dizendo que acredito que todos os homens não são iguais não! Da mesma forma que nem todas mulheres são iguais! Uma única certeza é de que Todos absolutamente todos somos diferentes!
Só pra termiinar Steve Harvey - eu consegui a aliança! e nem tudo foi pelos seus meios! Lí o livro após já ter conseguido.! MAs não acho que devo mantê-lo sozinha. é em dois, e ele sabe muito bem disso>!

Um comentário:

  1. Gostei da sua crítica... Li o livre a alguns meses e o achei fascinante mas não observei por esse lado que você menciona. Realmente tem muito machismo nas ideias do autor mas também muitas dicas interessantes. Gostei da parte que você diz que o relacionamento deve ser mantido pelos dois e não somente pelas mulheres que na maioria das vezes, naturalmente já se esforçam com mais maturidade emocional do que o homem para que haja prosperidade na relação. Muito bem colocadas as suas palavras. Meus parabéns!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.