sexta-feira, 30 de novembro de 2012

política que corrompe até mesmo quem tinha boas intenções.


Na incompreensão do destino
Me tornei aquilo que mais depreciava
Meu irmão sempre me avisou que seria assim
Mas eu nunca acreditei
Sempre apontando e julgando
Me tornei aquilo que mais odiava
Eu olhava ao redor e só via impurezas
Uma devassidão atolada em lama e sujeira
Política sórdida e vil
Sempre se começa com um bom sentimento
Querendo mudar o mundo com um sorriso e boas intenções
Esqueci-me que de boas intenções o inferno tá cheio
E foi isso mesmo que aconteceu
Quando percebi estava inundado pelo capitalismo
E quanto mais eu tinha mais eu queria
Mais eu possuía
E a luxúria me possuía por  completo
Tudo parecia real e nunca ninguém jamais poderia imaginar
Mas as máscaras sempre caem
Hoje me sinto nu frente ao mundo
Todos me veem como realmente sou
Imundo e cheia de maldades na cabeça
Por mais que tente
Não posso lembrar-me direito como era
Como eu entrei nessa coisa,
Só sei que pensava diferente,
Mas ela foi me mudando aos poucos
E tao rapidamente quase imperceptível
É essa coisa,
Chamada política.
Me roubou a alma.
___________________________________________________
Contou-me assim um amigo, que a política o corrompeu.
Estou nessa, será que posso sair sem me sujar?
a política corrompe todos que entram nela???
Será possível entrar e não fazer parte dos jogos sujos?
o que você acha?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.