quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Julgamentos


Quando você decide tornar um blog a mais que poesias e pensamentos, torná-lo seu seu jeito, fazer o que quiser desde que respeite todo mundo, crônicas e abre seus mais íntimos sentimentos e suas críticas pessoais sobre assuntos polêmicos baseados em opiniões e a maioria em estudos.
Em todos os casos as pessoas se acham no direito de julgar. Não digo opinar, digo julgar mesmo, e há uma distância enorme entre ambas as coisas...
A gente fala A, as pessoas entendem B e ainda saem falando C! (bem igual escrito que ví por aí, é isso mesmo!)
os mais belos elogios te colocam em pedestais, e algumas críticas tentam acabar com sua fé e dizendo o que está errado em você! Oras, isso é 1% de mim, ninguém me conhece totalmente para falar nada pessoal. Ninguém sentiu o que senti nem passou pelo que passei.
Minha forma de se expor é somente minha de mais ninguém.
Portanto vos digo, passo por cima de críticas e as elimino! 
Algumas pessoas são assim mesmo, só sabem criticar, mas já dizia um velho sábia de filosofia chinesa: As críticas que te fazem são exatamente um espelho sobre quem as pronuncia.
Quando desvela-se 1% de uma alma não se pode admitir que seja julgado 100%. 
O bom de tudo isso é que tudo é como uma faca de dois lados, um você corta e no outro é cortado!
O bom é saber que coberto mesmo totalmente em sua plenitude só quem julga é Deus, pois só ele nos conhece por completo, não seres humanos. E última coisa: Ele dá a cada um o que merece!!!!
\Eu tenho tudo aquilo o que aos olhos de Deus eu mereço, tanto as coisas boas e as ruins, e graças a Deus ultimamente é só coisa boa! Procuro sempre ver o lado bom das coisas e das pessoas, Até que provem o contrário todos somos bons.!
Sem mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.