quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Tempo esgotado - time out



Sei que não há tempo de pedir perdão
O tempo nos engole, nos torna promissores de realidades
Sonhos, perdidos se isolam em nossa mente permanecendo inertes
HOJE SÓ OLHO PARA trás e tento concertar
Mas não há mais tempo.
Tomamos rumos e caminhos diferentes.
Hoje tudo mudou,
Você nem ao menos deve pensar em mim
Usou e jogou fora como vaso quebrado
Parece ridículo
Alguém tão dona de mim sentindo sua falta
Querido não diga que não
Eu apenas queria
Dizer que nunca deixei de te amar
Seu amor foi maior que tudo
Pena que você não mereceu
E nunca merecerá
Entre nós ficou muita coisa mal resolvida
E talvez nessa vida
Não daremos conta de resolver
Mas como o mundo dá voltas
Talvez um dia tudo volte para seu lugar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.