quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Crises


Circunscrevo estas palavras sentidas do fundo de minha alma
Vezes penso que Deus me deixou.
Talvez eu o tenha deixado antes, nada mal revidar pra sentir o que se sente.
Sabe aquela famosa frase que dizem que um problema nunca vem sozinho.
Pois é. Acabo de comprovar isso da pior maneira possível.
O que mais me angustia é que estou certa. Pelo menos penso assim, 
reflito e reflito e estou certa! Faço tudo certa e penso: Porque devo sofrer injustiças de todos os lados?
Que fiz eu?
Me masturbei com a cruz divina? Seduzi Lúcifer ou Judas estimulando traição divina?
Lágrimas não explicam nada.
Esse vazio que vem de dentro e insiste em me atormentar
Não descrevem meus dias nem as situações que vivo.
O que mais dói é que parece que tudo está dando errado.
É. E quando dizem que Deus sabe quando mandar as provações, ele sabe.
Porque nesse momento só não me mato porque a maior alegria de minha vida ainda está por vir.
Meu casamento. Que aliás deve ser a única coisa abençoada e intacta por Deus. Ali, ele já fez o barulho que tinha de fazer. E ele que não se atreva a estragar isso. Porque daí mesmo que eu saiba não adiantar eu me suicido, pois daí não terei mais motivos e estímulos a viver. Sei que tem gente que vá pensar: - Nossa, o que será que essa criatura está vivendo para dizer isso?
Na verdade sinto que nunca deveria ter existido. Minha mãe devia ter me tirado sabe! 
Fácil dizer ser contra o aborto, pois eu se pudesse escolher nascer do jeito que nasci e levar a vida que vivi mesmo que não totalmente ruim, aliás quem via de fora era um mar de rosas. Fácil julgar. Ninguém viveu o que eu vivi nem sentiu como eu me senti a muitos anos atrás. Talvez seja sim um pouco de mimo. Mas eu que sempre me senti tão forte, tão dona de mim,.. Um dia a armadura cai. um dia cansamos de ser fortes e até me atrevo a lacrimejar. Odeio chorar e demonstrar minha fraqueza! Odeio! Me odeio por isso! O pior de tudo é que continuo a me sentir só. Sem ninguém a entender minhas razões a falar, a gritar, a brigar.!
Dias como esse espero que fiquem no futuro em minha memória como aprendizado e esquecimento.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.