domingo, 26 de agosto de 2012

Utopia da paixão



Em você que fascina
Que me atordoa
Sei que somos de mundos e idades diferentes
E isso me dá medo
Talvez você nem saiba que eu existo
Ou se faz de bobo para ver até que ponto posso chegar
Não se preocupe
Posso te surpreender bem mais que imaginas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.