domingo, 26 de agosto de 2012

TREVAS. circle of power - darkness



Quer saber onde me encontro agora?
Sentada no círculo
A mim me rodeiam os fiéis ao outro lado, a outro Deus.
A mim regem duas almas, a boa e a extremamente má
Qual me dá mais prazer? Aquela que mais odeio em mim mesmo.
Eles me cultuam
Eles me desejam
Aqui ninguém é de ninguém
E misturados por homens e mulheres formamos uma só magia
Um só culto
Ao Deus do desamor
Ninguém mais entre no círculo uma vez formado
Ninguém sai dele uma vez dentro
Compactuamos com nosso sangue e o bebemos em união a nossas mãos
Sinais da besta ao redor de nosso templo estão por todo caminho
Aqui só chegam os fortes e ao mesmo tempo os fracos de espírito
Aqueles rejeitados
Aqueles que não foram abençoados pelas mãos divinas
Reunidos com meus irmãos temos de ser leais a ele
O Maior
Quem nos comanda e quem nos premede o Poder de nossas vidas
A quem dedicamos cada segundo de nossa respiração
A quem aceitamos para rem troca termos tudo que quisermos
E o temos.
Muitos choram
Já não podemos mais sair
Uma vez o acordo feito jamais terá volta
Eles nos perseguirão até o final
Até que voltemos a ser totalmente dele e entregarmos novamente nossas almas a ele.
Pai, perdoa-me pelo feito.
Eu te vereno mas o outro me possui
Estamos ligado para todo o sempre
Eu querendo ou não.
No fim do culto despomos de nossas vestes com capuz negros retiramos nossa face colocamos
como humanos normais e vamos para nossa casas
onde ninguém imagina quem somos
Não podemos falar
Levamos uma vidinha normal
Sem ninguém suspeitar quem somos
Nossos ideais
e para quem realmente trabalhamos
E se alguém suspeitar, 
é morto.



PS: Imagens retiradas da internet que não descrevem exatamente o que vi vivi e sonhei.

{OBS: Imaginação e sonhos que tive - Não participo de nenhuma ceita mas sonho muito com isso! Bom ou não eu sonho, eles não pedem permissão apenas entram em meus pensamentos e algumas músicas ajudam a me recordar de outras vidas.}

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.