domingo, 26 de agosto de 2012

Filosofia de asfalto - Philosophy of asphalt


Filosofia de asfalto
QUANDO ando de moto sinto meus pensamentos mais ativos
Não me controle e voo em por entre o ar
Penetro nas profundas emoções
Pensamentos se convertem em mísseis imaginários
Penso penso
Mas não sei se ando se penso ou se voo
Só sei que olhando nesse asfalto enquanto ando
Sinto-me livre
Como jamais havia sentido
Só quem prova dessa loucura sabe o quanto é bom sentir-se livre
Sem ninguém e ao mesmo tempo com Deus
Ouço a mim mesmo pensando e refletindo sobre mim
Encontro me em cima da moto
Correndo desafiando o perigo
Alucinada hilariante
E definitivamente maravilhosa loucura
Eu amo tudo isso
Asfalto
Só tu me traz lembranças andando e viajando
Porque temos que fazer algo além de andar
Temos que refletir
E como é bom fazer isso andando de moto a 120 km por hora onde tu pensas que é o dono da Terra e tem o poder sobre todas as coisas
Inclusive de tua morte
Se assim o quiseres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.