quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sentimentos a flor da pele



 Por muito menos eu mataria.
Sim eu mataria.Teria coragem de torturar e depois matar.Mas tudo depende de quem você é.Sabe aquela história: eu não te chamaria de filho da puta a menos que você fosse, pois é.Então.
Pra um bom entendedor, meia palavra, eu diria meio olhar, basta.Nunca mexa com quem você não conhece, o cordeirinho porde se transformar em algo inabalavelmente perigoso.Sabe aquela velha história da cobra, ela só pica se for ameaçada.Pois é.Nem sempre um olhar doce e poucas palavras subentendem como pessoas frágeis. É mais fácil um corpo cheio de músculos ser uma manteiga derretida do que aquela garota que aparente ser.As aparências enganam. E isso é um velho ditado que será verdadeiro, não importe o quanto o tempo passe. Acredite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.