domingo, 29 de abril de 2012

futuro suicida



To começando me achar bipolar
Vezes no extremo da felicidade
Ego inflado
E sentimentos inabaláveis
Vezes
Como hoje
Que penso em suicídio
Isso não sai da minha cabeça
Já tentei e não consegui nem isso
Tem coisas que não se explicam
Nem se julgam
Afinal não é você que está sentindo
É fácil falar
Tenho pensamentos destrutivos
A morte ronda minha alma
Penso naqueles que ficarão
E me desatino a chorar
Meu coração amolece
E nada faço
Por outro lado
Estou cansada de lutar
Pelo mínimo e não conseguir
Não eu não sofro
Não tenho do que reclamar
E tenho tudo pra ser feliz
Só não me sinto mais forte o suficiente
Para continuar
Sinto-me fraca
Nada demonstro
Muito menos falo.
Sou egoísta demais
Até mesmo para dividir meus próprios sentimentos
Nunca falei
E acho que nunca conseguirei
Vez disso eu escrevo
Escrevo com minha alma em vida e teclado
Mesmo assim
Tão fraca
Nem demonstro
Tudo o que gostaria de demonstrar
Ajuda não peço
Comentários tão pouco
Críticas são tudo que não preciso nesse momento
Poucos entendem
E os que entendem não me rodeiam
Estou só
Só eu e meus pensamentos suicidas.
Penso que às vezes para fazerem algumas pessoas acordarem
Só uma tragédia para tal
Só se dá valor quando já é tarde
E por vezes penso que é isso que precisa
E se ninguém nada faz
Faço eu
Me mato.
 Se conseguir sinto muito mas não escreverei mais aqui obviamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.