terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Deus existe? God exists? I'm not sure anymore.


Às vezes dá impressão que Deus entediado desse mundo resolveu criar o ser humano para sua diversão pessoal! Se matam, se mutilam!  Injustiças até não poder mais!Quando achamos que já vímos todas as maldades possíveis, sempre nos surpreendemos com a criatividade da maldade humana!
Partimos da premissa de que se Deus é justo então devo crer que este garoto sentado é culpado e merece o sofrimento que está passando! Segundo o espiritismo pode ser que em outra vida ele foi uma pessoa muito ruim, um carrasco talvez e agora nessa está a pagar pelo que fez!
Será que a justiça não seria muito mais compatível se ele pagasse na mesma vida pelo que faz? Necessita de outra para pagar os erros passados! Parece ridículo! e sinceramente, nada justo!
Alguns pagam, agora outros vemos passar a vida inteira passando a perna nos outros, maltratando animais e crianças indefesas! e o que acontece com esses seres? Muitos pagam futuramente sim ! Mas muitos continuam a fazer o mal, ninguém os impede! nem a justiça dos homens nem a de Deus! pelo menos não a tempo! daí a vítima sofre o resto da vida pelo trauma ou ainda continua a sofrer e aos 70, 80 sei lá vai ver que a outra, a que a maltratava está agora recém pagando pelo que fez a anos atrás!?
Que porquice é essa? Pra que tanto tempo para vermos os frutos bons? e para vermos também os maus.!
Estou farta de ser positivista! Acreditar no bom, de fazer o bom, de ser honesta! De acreditar que o que vale é o amor e não o dinheiro! mas não é o que vejo! Não é o que sinto, e nem o que vivo!
Talvez eu mude de opinião amanhã por necessitar de Deus mesmo não querendo. Porém também não quero ser do lado do mal entende!
é, eu sei, eu ando confusa demais! Mas me parece que sim eu agradeço a cada coisa boa que acontece na minha vida, sou grata, não sou estúpida de pedir ajuda a Deus só quando preciso, agradeço muito mais do que peço, e peço pelos outros mais do que por mim mesma! Então qual é o problema?
Se parto da ideia de que Deus é responsável por todas as coisas boas que me acontecem, porque não pensar que também é pelas ruins? Daí ele tira o dele da reta! Qualé? Talvez eu seja injusta sim! Mas pelo jeito todo mundo é, até Deus talvez... Bom, se vou pensar melhor, ele abandonou o próprio filho que era amado, ou supunha-se que sim, eu então sou apenas uma mulherzinha idiota e patética com meus sofrimentos pequenos! Não é mesmo!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.