segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Sou diferente. Melhor, pior, tire suas conclusões.


Sou diferente da maioria das garotas. 
Gosto do cheiro de sangue
De luta, de dor.
Sou meio sadomasoquista
Amo o perigo,
andar ou fazer coisas que arrisque a vida
Gosto de andar no fio da navalha
Amo o inverno  e  o gelo.
Adoro temperaturas frias e dias escuros
Não gosto de flores como a maioria das mulheres, 
prefiro que fiquem a merce de seu curso natural
Odeio meiguice, sentimentalismo
Sou nada romântica.
Gosto de ser prática, precisa e direta.
Observo mais do que faço
Ouço mais do falo.
Escrevo mais do que falo
Penso mais do que respiro
Adoro provocar a ira nas pessoas
Ver em seus olhos o ódio me parece divertido!
Apesar de gostar também de fazer os outros rirem.
Mas sarcasticamente
Nenhuma piada de qualquer coisa me agrada
palhaços me parecem mais idiotas que engraçados
dificilmente eu rio com vontade!!!
Tem que ser dito algo conveniente no momento certo e dito
de forma elegante e irônica
é demais!
Gosto do coração maquiavélico 
Dos condenados, dos fora dos padrões
Me agrada pessoas que pensem diferente
Mas não que se vestem detestavelmente como pavões!
é algo incontrolável
esses desejos
sentimentos
Fogem do meu querer
São inatos.
E certas coisas dificilmente mudarei.
Maturidade e cultura se adiquire
Opiniões sobre coisas e pessoas mudo a todo momento
Porém a mim ... 
Algumas coisas nunca mudarão
Esses gostos que as pessoas vêem como estranhos
me fazem pensar que não me enquadro nesta sociedade
Minha ama é complexa
como toda alma feminina, 
mas a minha
realmente é diferente.
Sou duas em uma só.
e toda essa inspiração, vejam só
aparece só quando fico com mau humor, muito ódio ou muita tristeza.
Sentimentos bons não reservam meu melhor lado poetisa ou escritora.
Meu lado mau sim.
Infelizmente
Mas tem coisas que não compreendemos
E por mais que lutamos
São mais fortes do que suportamos ou tentamos afastar.
Esta sou eu.
A cada dia, cada situação que vivo eu me conheço mais.
Como dizia Sócrates quem adoro: Conhece-te a ti mesmo!
Aliás eu costumo amar os mais loucos como Nietzsche  Einstein, Platão, etc.
Gostaria de ser trancada em um lugar branco como Dostoiévski e ficar sem ninguém falar comigo durante um bom tempo, exalaria o melhor ou o pior de mim. como um desafio a mim mesma.

6 comentários:

  1. Belas palavras..gostei muito...tem futuro na filosofia...parabens pelo blog..

    PARTICIPE VOCÊ TAMBEM DO MAIS NOVO BLOGSPOT


    www.ipinformundo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ser igual e chato e monotono,o bom e ser diferente!
    E poder ser voce mesma,e nao ter vergonha disso !
    O resto que se dane!Odeio palhacos tambem ,odeio o humor cliche,sou bem mais um negro e sarcastico :D

    ResponderExcluir
  3. muito legal seu texto! adorei o blog.
    estou seguindo!me visite e se gosta me siga tbm! http://anavidadeestilista.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelas palavras. Já participando de ipinformundo.blogspot!

    ResponderExcluir
  5. Tens razão Alice. Obrigado por sua visão!

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Ana Caroline! visitando seu blog! bjs

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.