segunda-feira, 1 de agosto de 2011

só. Alone



Perco-me na minha solidão
E nela mesmo me encontro.
Hoje minha solidão me basta,
Já sei o que espero por ela
Sei o que por ela perdi,
E sei o que tenho por ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.