sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Insanidade



Quando um mortal silêncio vira um grito nos seus ouvidos...

Quando seu maior sonho vira seu pior pesadelo...

Quando o que seus olhos vêem revelam uma imensa atmosfera embaçada

Quando o chão que seus pés pisam se tornam um buraco negro

Preso dentro de seu espírito

Mesmo que tente arrancá-lo dentro de sua cabeça

Essa demência te parece infinita

Quando o mal a seduz 

E por mais que tente não pode vencê-lo

Dentro dos outros está seu pior espelho

E seu inconsciente revela uma sagacidade imprestável

Sua tolerância te confunde

E te faz o pior dos seres...

O mais imundo sofredor e dono de todos os pecados capitais

Quando... 

2 comentários:

  1. E assim a gente se descobre, Cliceli!
    Palavra-quando.
    abraço e bem vinda ao caos.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.